Diário de Bordo

Quarta Rota
14/9/2022

Exportação de gado em pé é destaque no início da quarta rota do Confina Brasil

Com visitas em propriedades do Pará, expedição também constatou ênfase na produção de carne premium e no uso de tecnologias na seleção de bovinos.
Exportação de gado em pé é destaque no início da quarta rota do Confina Brasil
44 Meia

O Confina Brasil 2022 chegou à sua quarta rota com visitas a confinamentos e semiconfinamentos do Pará, Tocantins e Maranhão. De 5 a 9 de setembro, duas equipes de engenheiros agrônomos, médicos-veterinários e zootecnistas da Scot Consultoria passaram por 13 propriedades de 8 cidades paraenses.

Os principais destaques foram os trabalhos voltados à exportação de gado em pé, a produção de carne premium a pasto e o uso da ultrassonografia de carcaça para a seleção genética do rebanho.

Um passo à frente

Fazenda Joaíma / Foto por 44 meia

O uso de produtos de patrocinadores “Ouro” da pesquisa-expedicionária foi observado em três propriedades paraenses. O confinamento Joaíma, em Paragominas-PA, é um deles. A fazenda tem assessoria da Nutron Cargill nas linhas de confinamento e pasto.

Além disso, no confinamento, é usado o Rumensin, da Elanco – aditivo à base de monensina que potencializa o ganho de peso e melhora a eficiência alimentar dos animais, além de prevenir a coccidiose.

Na visita à propriedade, foi visto o efeito positivo do sombrite para os animais. Praticamente todos estavam protegidos do sol, evidenciando o conforto térmico proporcionado aos animais pelos gestores.

Outra fazenda parceira da Nutron e da Elanco é o confinamento Elizabeth, de Paragominas-PA. A propriedade utiliza o núcleo da Nutron Cargill para a alimentação dos animais, adicionando – assim como o confinamento Joaíma – o Rumensin, da Elanco. Por fim, a propriedade também adquiriu um caminhão da Casale, também patrocinadora “Ouro” do Confina Brasil 2022.

Fazenda AgroDiamont / Foto por 44 meia

Também de Paragominas-PA, a AgroDiamond projetou sua propriedade de modo que o vagão da Casale consiga, em apenas uma viagem, abastecer todos os pastos do semiconfinamento. Para isso, as estruturas de alimentação foram organizadas em linha, para que, ao final, o vagão retorne fornecendo a dieta para os animais do outro lado.

Além disso, a geração de energia é outra preocupação da propriedade. Com rios que desembocam em um grande lago, a AgroDiamond tem capacidade de gerar sua própria energia por meio de uma usina hidrelétrica. Dessa forma, possibilita o fornecimento de energia para todas as operações da fazenda, incluindo a fábrica e a área residencial.

O grande destaque da quarta rota

Fazenda AgroDiamont / Foto por 44 meia

Destaque da semana, a exportação de gado em pé é o foco de quatro confinamentos visitados pelo Confina Brasil. Um deles é o Agroexport, de Moju-PA.Para exportar bovinos em pé, a propriedade coloca os animais em quarentena por no mínimo sete dias. Além disso, cada Estação de Pré-Embarque (EPE) tem curral próprio para os animais.

Todas as exigências para realizar a exportação de gado em pé de forma legal atendem ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

O Grupo Mercúrio Alimentos, detentor das fazendas Mandarim e Pontilhão, ambas em Abaetetuba-PA, também atende ao mercado internacional. Seguindo as instruções do MAPA, as propriedades exportam gado em pé majoritariamente para o comércio árabe, dentre sua maioria, para os países: Jordânia, Iraque, Turquia, Egito e Irã.

Cada país possui sua própria necessidade, seja de raça, peso, idade ou gênero. De acordo com a demanda, as propriedades produzem seguindo tais especificações, respeitando também as normas impostas pelo MAPA.

Também do Grupo Mercúrio, a fazenda Alexandria, de Santa Izabel-PA, abastece o frigorífico do grupo, que tem habilitação para o envio de gado em pé à China. Dessa forma, a propriedade coopera bastante com a escala de abates da indústria.

Os animais recebem 92,5% de concentrado na dieta, com 7,5% de volumoso. Resíduos de cervejaria e casca de mandioca estão entre os principais insumos fornecidos para a composição da dieta.

A fazenda FM, do Grupo LFPEC, de Tomé-Açu-PA, também é classificada como Estação de Pré-Embarque (EPE). Quando há demanda internacional, o processo operacional é focado na exportação dos animais. Caso contrário, o grupo abastece o mercado interno.

Carne de alta qualidade

Fazenda Cristal / Foto por 44 meia

Por fim, a produção de carne de qualidade superior também é foco na região. Para isso, a fazenda Carioca, de Castanhal-PA, cria a pasto ou em semiconfinamento.

Trabalhando apenas com fêmeas Brangus, os gestores fazem ultrassonografia de carcaça para seleção dos animais, pois a tecnologia ajuda a classificar em grau de Marmoreio (MAR), Área de Olho de Lombo (AOL) e Espessura de Gordura Subcutânea (EGS).

O ultrassom possibilita apartação dos animais e tomada de decisão, como o momento certo de abate e o direcionamento para o mercado.

Fazenda Elizabeth / Foto por 44 meia

Quem está conosco nessa jornada?

ConfinaBrasil 2022 tem apoio e Patrocínio Ouro das seguintes empresas: 

Na cota Prata, contamos com as empresas: 

A expedição conta ainda com o patrocínio da montadora Mitsubishi e apoio institucional da EmbrapaHospital de Amor e Associação Nacional da Pecuária Intensiva (ASSOCON). 

Para acompanhar essa jornada e testemunhar histórias incríveis, basta acessar o Instagram @confinabrasil e o site confinabrasil.com.

Confina Brasil | Scot Consultoria

explore, sinta,
viva a pecuária.

Veja mais

Quinta Rota
7/11/2022

Aproveitamento de resíduos e uso de tecnologias são valorizados nos confinamentos visitados pelo Confina Brasil

LEIA MAIS
Quinta Rota
27/10/2022

Confina Brasil visita a maior fazenda do país e relata produção de carne premium

LEIA MAIS
Quarta Rota
23/9/2022

Quarta rota do Confina Brasil 2022 mostra excelentes exemplos de Integração-Lavoura-Pecuária e melhoramento genético dos bovinos

LEIA MAIS
Terceira Rota
24/8/2022

Confina Brasil: pecuaristas de Rondônia investem em estrutura e alimentação de qualidade para engorda de bovinos

LEIA MAIS
Terceira Rota
19/8/2022

Confina Brasil identifica cuidado especial com a alimentação de bovinos na seca e sequestro de bezerros em propriedades do Mato Grosso

LEIA MAIS
Segunda Rota
28/7/2022

Segunda rota do Confina Brasil acompanha a pecuária dos estados Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e nota destaque pela alta produtividade e investimento em práticas sustentáveis

LEIA MAIS
Segunda Rota
22/7/2022

Integração Lavoura-Pecuária-Floresta e estratégias de qualidade nutricional são destaques na segunda rota do Confina Brasil

LEIA MAIS
Primeira Rota
11/7/2022

Infraestrutura e gestão feminina são destaques da segunda semana da expedição Confina Brasil

LEIA MAIS
Primeira Rota
30/6/2022

Confina Brasil constata confinamentos que investem em expansão, nutrição e bem-estar animal no interior paulista

LEIA MAIS
Confina Brasil 2022
27/6/2022

Com o objetivo de mapear os confinamentos brasileiros, Confina Brasil 2022 tem início em 20 de junho

LEIA MAIS

Recentes

Confina Brasil 2022

27/6/22

Confina Brasil | Scot Consultoria

Com o objetivo de mapear os confinamentos brasileiros, Confina Brasil 2022 tem início em 20 de junho

Leia mais

Primeira Rota

30/6/22

Confina Brasil | Scot Consultoria

Confina Brasil constata confinamentos que investem em expansão, nutrição e bem-estar animal no interior paulista

Leia mais

Primeira Rota

11/7/22

Confina Brasil | Scot Consultoria

Infraestrutura e gestão feminina são destaques da segunda semana da expedição Confina Brasil

Leia mais
montadora
Mitsubishi
patrocínio ouro
patrocínio prata
apoio institucional