• Por Bruno Santos

#Ep44 – Boi bom é boi que dá lucro!

12 nov.


Chegamos ao penúltimo dia da nossa expedição na região de Planura, em Minas Gerais. Na primeira visita, mais um caso de sucesso de gestão familiar. No comando dos negócios, pai e filho dividem as atividades entre as áreas operacionais e administrativas de forma muito eficiente.





A fazenda de estrutura estática para 3.800 bois, tem como ponto forte o uso de tecnologia, principalmente na nutrição. Eles utilizam milho, grão úmido, grão reidratado e sorgo reidratado. Com os investimentos feitos, mantém a produção desses ingredientes e todo o armazenamento na própria fazenda.


Giro rápido




Na segunda visita do dia, já no município de Frutal, a equipe do Confina Brasil chegou em uma fazenda com grande estrutura e que é 100% focada nos negócios. Segundo os proprietários, boi bom é boi que dá lucro. Com capacidade estática para 18 mil animais, o confinamento de tamanho bem expressivo, é dinâmico, simples e funcional dentro do conceito deles. Este ano a fazenda planeja abater 60 mil animais.


No local, trabalham justamente no giro dos animais. O foco é abater e repor mais de 1.000 bois por semana. Com isso, o fluxo de entrada e saída é muito alto. Como os proprietários buscam o lucro, através desse giro rápido, eles não procuram altos ganhos e sim o lucro contínuo e garantido.


O grupo foi um dos primeiros a confinar animais na região do Triângulo Mineiro e estão na atividade há mais de 40 anos. Justamente vendo essa oportunidade na região, o patriarca da família viu a chance de comprar os bezerros machos dos produtores de leite, para engordá-los e vendê-los.


Agora, nossa equipe se prepara para as últimas visitas da expedição. #issoéconfinabrasil.

REALIZAÇÃO:

Rua Coronel Conrado Caldeira, 578 | Bebedouro - SP - Brasil - 14701-000

+55 17 3343 5111 | +55 17 98107-2666 | confinabrasil@scotconsultoria.com.br

BM-logo02_branco.png

Copyright 2020.

  • Confina Brasil Instagram